segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

...e a chuva

que não pára de cair lá fora.
faz bem pros meios, pros lados.
de fora, de dentro.
o avesso do avesso.
o sorriso é tanto que até uma lágrima escorre.
e molha a alma.
e voa a alma.
e limpa a alma.
e vive bem de novo.
e a chuva que não pára lá fora.
que não pára.
parar pra quê?

2 comentários:

Cinthia; disse...

tambe´m gosto de chuva assim.

Isabella Santos disse...

amo ouvir cada gota!!! valeu