sábado, 19 de fevereiro de 2011

a noite versa infinita e vazia.
eu estou vazia.
sem repostas às minhas sempre velhas perguntas.
sempre confusa.
poderia estar vivendo.
ou dormindo.
comendo pizza.
amando.

não. mas até que amar, eu amo.

viver é mais difícil.
apesar de sempre tentarmos.
se bem que conviver é mais difícil.
compartilhar, considerar, respeitar.
e sempre esperar tudo isso do outro.

Nenhum comentário: