quarta-feira, 2 de março de 2011

fim de um dia.
início de outro.
é sempre assim.
o ciclo sem fim.
o infinito
para mim, a perfeição.

o frio recomeçou, tímido.
mas recomeçou.

as vezes sinto falta de sentir.
de me inspirar.

agora é noite. madrugada.
novo dia. velho.
hoje o ontem se repetirá e antecederá o amanhã.
que será igual ao que esperamos que hoje seja.

viver é a solução.
o problema é perder-se no infinito.

Um comentário:

Felipe Lacerda Bicalho disse...

Viver é a solução, sem dúvida. O pior é não ter escolha. A morte não me parece muito divertida. Gostei do seu blog, bem sóbrio, minimalista, direto. GOSTO DE COISAS ASSIM. Continue.