quarta-feira, 2 de março de 2011

há poucos dias terminei a leitura de um livro muito interessante, por sinal.
é daquele tipo de livro que nos surpreende pela intensidade.
numa de suas páginas finais está escrita a seguinte frase:
"qualquer lugar no universo é o centro do infinito"
esta frase me chamou a atenção.

pensar na imensidão que há em tudo que está fora de onde estamos.
fora da terra, ou fora do nosso mundo.
fora de nós mesmos, do nosso universo.

e quem (ou o que) está no centro de nosso infinito?
nossos sonhos, vontades, erros.
nós mesmos.
somos uma ilha infinita.
cheia de medos, (pre)conceitos.

somos angústia e dor.
e também felicidade.

a inconstância humana.
nosso privilégio.

Nenhum comentário: