quinta-feira, 28 de abril de 2011

hoje postarei frases de um dos maiores gênios da música brasileira, cazuza.
é um pouco tardio este post, que deveria ter sido feito no último dia 04, quando ele completaria 53 anos. viva sempre!

"Tudo é tão simples que cabe num cartão postal...

"Como é estranha a natureza
morta dos que não tem dor.
Como é estéril a certeza
de quem vive sem amor...



"Nada nesse mundo é nunca mais...


"Cantando agente inventa.
Inventa um romance, uma saudade, uma mentira...
Cantando a gente faz história.
Foi gritando que eu aprendi a cantar:sem nenhum pudor, sem pecado. Canto pra espantar os demônios, pra juntar os amigos.
Pra sentir o mundo, pra seduzir a vida.


"Sou ariano. E ariano não pede licença, entra, arromba a porta. Nunca tive medo de me mostrar. Você pode ficar escondido em casa, protegido pelas paredes. Mas você tá vivo, e essa vida é pra se mostrar. Esse é o meu espetáculo. Só quem se mostra se encontra. Por mais que se perca no caminho.


prefiro esta final, me lembro do filme.


"O amor é o ridículo da vida. A gente procura nele uma pureza impossível, uma pureza que está sempre se pondo. A vida veio e me levou com ela. Sorte é se abandonar e aceitar essa vaga ideia de paraiso que nos persegue, bonita e breve, como borboletas que só vivem 24 horas. Morrer não doi.

2 comentários:

Bebeto disse...

legal ...

André disse...

Ele tinha o dom da poesia encarnado em sua alma. Viva o poeta, viva Cazuza!