segunda-feira, 28 de novembro de 2011

sonhos ao acaso

Há um tempo. Para ser mais exata oito meses e seis dias, nascia um post, como tantos outros que escrevo, sem muita pretensão. Apenas conectei palavras ao que eu estava pensando. Coisa difícil, porque minha mente é uma viagem, minhas postagens nem sempre fazem sentido, mas aquela chamou a atenção por algum motivo.
Desde quando comecei com este blog, jamais tive grandes pretensões, nem imaginei o que pudesse acontecer, se poderia virar livro ou se poderia virar música, mas foi o que aconteceu. Para ser sincera, eu não faço a mínima ideia no que estava pensando ou o que me motivou a escrever aquilo. Não me lembro do momento, eu apenas escrevi.
As coisas que mais me motivam a escrever são a tristeza, o desolamento, a solidão, a melancolia ou até mesmo a felicidade, depende do dia, da hora, do amor ou do rancor. Então, com certeza, um desses eu estava sentindo ou vivendo.
Quando o Erik Rizzato, amigo de longa data (da época em que eu brincava de vender discos, e me divertia conversando com quem gostava de música, assim como eu) resolveu musicar aquele post, fiquei feliz e um pouco apreensiva, já que eu nunca esperei que isso algum dia pudesse acontecer. Ele me enrolou até bem (haha!) para me enviar a música gravada, mas mesmo com a qualidade de áudio não muito boa (foi gravada em uma câmera digital) já aprovei na hora. Mas antes disso, foram inúmeros e-mais, bate-papo no Facebook, até chegarmos a uma conclusão sobre a letra final, já que eu não fiz uma letra de música, fiz um poema que por ventura transformou-se em música. E ficou linda. Depois de criada, pensamos em alguns nomes, mas o que me veio primeiro na cabeça foi o que ficou: "sonhos ao acaso". Lindo né? Eu gostei demais.
E agora vejo sua evolução. Daquela primeira versão, agora já registrada ao vivo com toda a trupe da banda Jokie.
Assim como o Erik, eu acredito demais nesta música, estou extremamente feliz com o resultado e espero que ela dê sorte à banda. Que todos possam encontrar seus sonhos ao acaso.

Acesse o link abaixo e ouça a música:

https://soundcloud.com/bjokie/jokie-sonhos-ao-acaso
Agora só falta fazer o videoclipe. Eu já estou lotada de ideias.
Até breve.

2 comentários:

Erik Rizzatto disse...

Fico muito Feliz com o post , é uma honra ter meu nome no Blog , uma vez que sou fã das palavra que aqui são escritas por Bella, "sonhos ao acaso" pra mim é das minhas musicas autoral predileta , e com a parceria tambem não poderia ser diferente. um imenso prazer , espero que "sonhos ao acaso" seja bem vista e aceita , sei que ela esta em processo de produção , tenho a certeza que até a gravação ela vai se torna mais viva ainda, bjos Bella sucesso, e que venha mais parcerias com o "loucuras intrépidas" foi uma experiencia impar .

Marina disse...

A letra é realmente linda e a junção da melodia, enfim, ficou perfeito. O mesmo já aconteceu comigo Isabella, passei um poema meu pra um tio e ele transformou em música, mas no meu caso foi meio que uma encomenda mesmo.rs Acho que essas misturas tendem a dar certo mesmo, música, poemas, é tudo uma coisa só mesmo, é só pensar neles juntos. Enfim, parabéns aos dois pela bela canção.