terça-feira, 24 de abril de 2012

"você peca por pensar pouco em mim.
você peca por se achar tão importante assim.
há tempos sofro por sua fala, e engulo seco tentando mostrar naturalidade.
estou farta, mas não tem volta.
o que está feito, está feito.
o compromisso é um só, mas você parece não perceber.
tente olhar pra frente, em meus olhos, e talvez assim consiga se ver de forma mais clara.
de dentro deste egoísmo que te consome, e me consome também.
estamos sós, a sós". 



Nenhum comentário: