sábado, 9 de fevereiro de 2013

hoje, mais do que qualquer outro dia, gostaria de zerar tudo. parar.
o tempo o espaço, refazer.
na solidão percebemos a fraqueza.
percebemos o que faz falta e o que sobra.
a sensação de estar sozinha é triste. sinto-me num vazio imenso.
carnaval? não. não deveria nem ter existido.
que passe logo este tempo. que chegue logo as cinzas.
por incrível que pareça, nas cinzas estarei melhor.
mais completa, menos vazia.





ps.: "triste é viver só, de solidão"

Nenhum comentário: