segunda-feira, 29 de abril de 2013

no cair da noite percebo o silêncio.
no silêncio vejo a beleza dos seus olhos e a ausência do seu sorriso me preocupa.
sozinha, vejo a lua vermelha no céu.
do seu lado vejo nós (dois).
cada dia é sempre mais um dia (ou menos um).
sempre mais um desafio.
sempre um.
na dedicatória do livro estará:
"às minhas mãos, que conseguiram acompanhar meus pensamentos"